Exposições

Exposição: A Casa, o Palácio, o Museu

img_post05-2new

“O homem não é apenas um ser pensante, mas também alguém que sente.
Ele é um todo, uma unidade de forças múltiplas intimamente associadas.
A obra de arte deve falar a este todo do homem, corresponder a essa rica
unidade, a essa multiplicidade que nele existe. ”

Palácio, casa, museu: três universos que cabem em um só espaço, onde se interligam momentos, personagens, fatos e coleções.
Como todos nós, cada lugar tem sua história, sua identidade.

A exposição O Palácio, a Casa, o Museu procura reconstruir a memória do Palácio Boa Vista, de sua implantação ao longo de 26 anos, da aquisição das coleções que atualmente integram o Acervo Artístico-Cultural dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo e dos fatos que marcaram o seu cotidiano.

 

7459898536_59a0ab0926_z

 

Articulada em torno das coleções de arte e de questões como a “casa histórica” ou o “museu-casa”, a mostra destaca a relação entre o espaço público e o privado, uma vez que a dimensão da casa originalmente nos remete ao afetivo, ao íntimo, ao particular. Ao adentrar os ambientes do Palácio Boa Vista, o que vemos? O palácio, a casa ou o museu? Quais as relações possíveis dos objetos em seus espaços?

Um passeio pelos ambientes do Palácio revela cotidianos vividos, proporciona observar os objetos em seu conjunto, os padrões de formas e suas origens, as aproximações de estilos entre as peças, o gosto e suas interpretações. Sendo assim, o ambiente expositivo é ativo e determinado pela narrativa que considera a relação do homem com o objeto, impregnado de fatos artísticos, históricos, políticos e sociais.

Para interpretar essa atmosfera por meio de uma ação museológica, considera-se o museu em sua dimensão onírica. O contexto da presença humana, o cotidiano e toda a cultura material representados pelas obras expostas nas paredes impregnadas de história sugerem ao visitante a capacidade de sonhar ao ocupar simbolicamente os territórios da memória.

 

Curadoria: Ana Cristina Carvalho

Expografia e criação do logo: Jefferson Duarte – Celophane Cultural

Palácio Boa Vista – Campos do Jordão

Produção e montagem: Equipe do Acervo Artístico e Cultural dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo e Candotti Cenografia

 


ATENÇÃO: Os comentários publicados nesta seção são de responsabilidade integral de seus autores e não representam a opinião da Celophane Cultural. Lembramos que não são permitidas mensagens com propagandas, conteúdos ofensivos, discriminatórios e desrespeitosos.


#OcupaSacy

jun 14, 2019

O Rouxinol e a Rosa

jun 13, 2019