Cenografia

Túnel Sensorial – REATECH

Mais uma vez a parceria da Celophane Cultural com  Renato Ribeiro desenvolveu um cenário, desta vez pra ninguém ver, e sim pra sentir.

A Proposta do estande da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência junto com o Memorial da Inclusão para a Feira REATECH foi um Túnel, convidando o participante a uma exposição/experiência, totalmente sensorial, onde não se pode usar os olhos e o caminho a percorrer é na escuridão total.

 

site 4

 

Uma ambientação de encontro vivencial sensorial, imaginativa e educacional que reproduz situações e elementos táteis da vida cotidiana. A ideia foi de evocar lembranças e sensações que estão em nossa memória,  mas que somente usando os outros sentidos despertos, podemos acessa-los. A pele, um dos maiores órgãos sensitivos, pode conter histórias, assim como cheiros, sons ou uma simples sensação de calor ou frio podem trazer lembranças de um passado muito distante.

Nossa proposta é um encontro vivencial em favor da diversidade humana, respeito e inclusão, trazendo consciência social e tolerância.

 

site 2

 

Texto da Audio descrição do estande:

O Túnel sensorial, teve área total de 13 por 13 metros e 3 metros de altura, é revestido na parte externa por lona sintética impressa com a fotografia de um gramado bem verde, céu azul e uma árvore frondosa com copa arredondada. De um lado, a logomarca do Governo do Estado de São Paulo, composta pela bandeira com listras preto e brancas de São Paulo. Do outro, a logomarca do Memorial da Inclusão composta por uma borboleta multicolorida na ponta de uma espiral.

Internamente o espaço será todo em madeira com revestimento de material sintético na cor preta, com um toque bem suave, onde serão fixados os elementos da cenografia tátil. O teto e o piso são pretos também; o chão forrado com carpete tem marcação de piso tátil.

Todo o percurso deverá ser feito com a mão direita correndo pela parede onde serão encontrados diferentes elementos da cenografia tátil.

O Espaço tem 2 portas de emergência sinalizadas visualmente e com placa em braile. A entrada com 3 cortinas pretas para o isolamento da luz também funcionará como saída.

O percurso pode levar de 10 a 15min e contará com monitores com deficiência visual que poderão ajudar em caso de necessidade.

Lívia Mota – Ver com Palavras

 

site 3

 

REALIZAÇÃO:

Governo do Estado de São Paulo – Geraldo Alckmin

 Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Linamara Rizzo Battistella

 MEMORIAL DA INCLUSÃO – Elza Ambrosio

APOIO

ADEVA – Visita Guiada

Lumini Brasil Perfumes – Chiquinho Cortez e Gilberto Marques – instalação de cheiros

Audiodescrição: Ver com Palavras – Lívia Motta

CRIAÇÃO/PRODUÇÂO

Cenografia: Celophane Cultural – Jefferson Duarte

Produção e Cenotecnia – Renato Ribeiro – Cenografia Sustentável

Cenotécnicos: Fernanda Milani, Silas Xavier Santana, Fernando Dias , Fernando Andrade Silva,

Anderson Kbça , Adele Moratto e Jesus Dhiego.

Jardim Sensorial:  Tersina Paisagismo – Diógenes Braga

Design da imagem externa: Raphael Ferreira

Montagem do Estande: CLM Estandes

Edição do vídeo de Baixa Visão: Leonard de Paula Moura

Direitos de uso da imagem da Mônica: Maurício de Souza

OUTRAS MATÉRIAS

Matéria sobre a REATECH na Globo

Matéria no site da Secretaria: www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br

Site Cenografia Sustentável


ATENÇÃO: Os comentários publicados nesta seção são de responsabilidade integral de seus autores e não representam a opinião da Celophane Cultural. Lembramos que não são permitidas mensagens com propagandas, conteúdos ofensivos, discriminatórios e desrespeitosos.